Sono do Adolescente

Campanha da Associação Brasileira do Sono defende a mudança do início das aulas dos adolescentes para às 8h30 da manhã, a partir de 2020

Alinhada à Academia Americana de Medicina do Sono e à Associação Americana de Pediatria, a Associação Brasileira do Sono lançou a Campanha “8h30 em 2020”, propondo a alteração da entrada dos alunos do Ensino Médio para às 8h30 da manhã.

O que muda na fase da adolescência em relação ao sono?

“Mau desempenho escolar, fadiga crônica, imunidade baixa, ansiedade e depressão estão associados à falta de sono adequado. Acreditamos que, diante das mudanças que ocorrerão nos currículos escolares, as escolas caminhem para a adoção de horários flexíveis, que acompanhem a necessária flexibilização dos conteúdos e espaços de aprendizagem. A nossa campanha visa sensibilizar gestores educacionais, em nível municipal, estadual e federal, para que, em conjunto com entidades educacionais e organizações de professores, planejem ações voltadas a implementar mudanças nos horários escolares”, explica a neurologista Dra. Andrea Bacelar, presidente da Associação Brasileira do Sono.

Nesta Videoaula, a especialista explica sobre a importância do sono nesta fase da vida e quais as implicações da privação do sono, especialmente para os adolescentes.

Manifesto da ABS inspira famílias e escolas a aderirem à mudança

Em novembro de 2017 a Associação Brasileira do Sono publicou Manifesto (acesse aqui), esclarecendo o quanto a privação de sono no início da puberdade e na adolescência prejudica fortemente a aprendizagem e o desempenho escolar.

Inspirado pelo Manifesto publicado pela ABS e pelo movimento norte-americano chamado Start School Later (O que é começar a aula mais cedo?), um grupo de mães do Distrito Federal, liderado psicóloga Virgínia Nogueira iniciou um movimento para conscientizar as famílias sobre a importância da mudança na grade escolar. A psicóloga realizou pesquisa online sobre a opinião dos pais a respeito do início das aulas. Quase a totalidade dos responsáveis pelos alunos optou pela mudança do horário das classes para oito e meia da manhã.

O movimento já começou a apontar resultados no DF. Alguns colégios particulares estudam a possibilidade de modificar o início das aulas para oito e meia da manhã, como recomenda a Associação Brasileira do Sono.

O número de escolas com aulas do ensino médio a partir de oito e meia da manhã pode aumentar no DF e no Brasil, já que a Câmara dos Deputados pode votar projeto de lei que estabelece essa mudança em escolas públicas e privadas de todo o país.

IMPRENSA

Mais informações para a imprensa:
Tierno Press Comunicação
Luciana Tierno
Tel.: (11) 93147-1616
E-mail: imprensa@tiernopress.com.br

www.tiernopress.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/abmsono/www/wp-includes/functions.php on line 5107

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/abmsono/www/wp-includes/functions.php on line 5107

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/abmsono/www/wp-content/plugins/cookie-law-info/public/modules/script-blocker/script-blocker.php on line 488